O Elefante

5e6fb1c5235c1800504ed859 - O Elefante
Coronavírus: efeitos psicológicos do distanciamento social e como combatê-los
13 de abril de 2020
hipnote 02 768x554 1 - O Elefante
Traumas do passado: Vencendo com a hipnose
18 de julho de 2020

O Elefante

elefante - O Elefante

O Elefante.  Esta história é real, não é nenhum conto fictício.

Aconteceu no ano de 2009 quando, uma moça (Brasileira), foi visitar a Tailândia.   Passando de moto por uma rua de uma ilha com bastante floresta. Quando viu alguns Elefantes.

Parou a moto para olhar mais de perto e percebeu que os elefantes estavam amarrados por uma simples e frágil corda. Ela não compreendeu nada, pois, como pode aquelas criaturas tão grandes, fortes e majestosas, estavam presas por uma simples e frágil corda.

Era óbvio que com a força desses elefantes poderiam a qualquer momento fugir de lá.  Mas, por alguma razão, eles não fugiam.

Então, ela viu o treinador dos elefantes e perguntou aos elefantes o porque que estes ficam ali tão quietinhos e porque não tentavam fugir.

E ele disse: “Quando os elefantes eram bem pequenos (filhotes) e ainda não muitos fortes, nós usávamos estas cordas para amarrar eles. E naquela época, essas cordas eram suficientes para prender eles. Então, eles foram crescendo e aprendendo que eles não conseguiam arrebentar estas cordas para se libertar e, eles mesmo adultos ainda acreditam que estas frágeis cordas podem segurar eles. Então, eles não tentam fugir.”

Ela ficou chocada, pois estavam presos simplesmente por que acreditavam que são simplesmente incapazes de se libertarem.


Assim como estes Elefantes, muitos de nós passam a vida toda acreditando que não podemos tomar uma ação, simplesmente porque algum dia tentou e falhou. 

Falhar faz parte do aprendizado da vida e, nós nunca podemos parar de tentar. Porque nós podemos estar a UMA tentativa de se Libertar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
WhatsApp Atendimento via WhatsApp.

Facebook